Páginas

terça-feira, 22 de março de 2011

Conhaque com grosseria


Misturo a groselha doce em minha bebida amarga, para disfarçar o gosto desagradável que lembra minha vida, com a fumaça do cigarro que invade meus pulmões meche com minha cabeça potencializando o feito anestésico do álcool.

Misturo a grosseria rude de minhas palavras com o gosto amargo do conhaque e doce da groselha para disfarçar os sentimentos puros dentro do meu coração e para espantar os futuros amigos.

Escondo meus verdadeiros pensamentos em conversas banais em balcão de bar, por que se eu for falar o que realmente penso mostrarei meus pontos fracos, e serei esmagada facilmente como uma barata indefessa.

Agora para mim sexo é só sexo, nada mais que isso, amizades só superficial mesmo, não quero nunca mais causa sofrimento as pessoas que eu amo como causei no passado, por isso agora meu único amor é o conhaque com groselha e grosseria, pois não é possível o magoar e sim me autodestruir.

6 comentários:

stefania_lee disse...

hahahhaa adorei

Simone disse...

Gostei do post querida como disse Cazuza "não posso fazer mau nenhum a não ser a mim mesmo"

Beijos

http://soumagarota23.blogspot.com

Keilla Karollyne disse...

"Escondo meus verdadeiros pensamentos em conversas banais em balcão de bar, por que se eu for falar o que realmente penso mostrarei meus pontos fracos, e serei esmagada facilmente como uma barata indefessa."

Pra mim essa frase disse tudo!

Segui aqui tbm

;*

Paula disse...

Beatriz que profundooo! Mas é perfeito! Ultimamente me esconderam a groselha viu! =/...saudade de vc, tempo que não te vejo! Beeijo

Carol disse...

Puts,adoro esse jeito de escrever!Está tudo muito agradável por aqui...estou de seguindo :D
E obrigada por me seguir também
hehe, beijo!

A.S. disse...

Bia,

Tantas vezes desacreditamos das pessoas... e do mundo! Mas jamais devemos desacreditar de nós próprios...


Beijos meus,
AL