Páginas

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Era uma vez um sapo



Havia um sapo na rua, ele incomodava as pessoas, atrapalhava o transito, crianças gritavam, mulheres sentiam nojo, ninguém tinha coragem de chegar perto daquele animal asqueroso verde com verrugas.

Uma velha pegou o sal na Mão e saio em sua direção , um cara bondoso que passava na rua viu a cena e não deixo, pegou o sapo para levar em algum lugar, enquanto isso Malu vinha ouvindo seu mp3, com raiva dos homens e do mundo, pois seu príncipe tinha virado sapo, quando viu aquele homem alto lindo de olhos azuis, salvando aquele sapo que estava na sua Mao não teve duvidas, e grito bem alto para todos ouvir

- Achei, achei, minha gente, achei meu príncipe encantado

E antes que todos pudessem olhar, Malu arrancou o sapo da mão daquele desconhecido, e beijou o animal asqueroso cheio de verrugas com toda a fé, espero alguns minutos, nada aconteceu, o sapo continuou sapo, jogou ele bem longe que caio em uma pedra em frente ao teatro municipal.

O desconhecido sai com a cabeça baixa, pois já tinha visto a Malu muitas vezes, e sempre quis sair com ela, Malu nem olho para sua cara saio zangada limpando a boca de nojo, ele ate tentou falar com ela, mas nem sequer olho e dize com uma voz cheia de arrogância

- eu só saio com príncipes.

Enquanto isso na frente do teatro municipal, tinha uma pedra cheia de sangue, onde um homem com o rosto angelical estava desmaiado, tinha levado uma pancada muito forte na cabeça, Rita de longe avisto aquele moço jogado no chão, vestindo roupas do século XV, que parecia com as vestimentas de um príncipe, foi em sua direção tentando acordá-lo , porem ele só dizia que a amava e que agradecia por te o livrado do feitiço, ela não entendeu, penso que estivesse tendo alucinação por causa da pancada.

E naquele mesmo instante, Malu estava aborrecida em seu quarto, pensando

"Por que meu deus, nunca aparece um príncipe para me amar?"

E o desconhecido que salvo a vida do pobre sapo, estava indo em direção ao seu castelo, para mais um compromisso real, pois ele era o príncipe herdeiro do trono, e estava pensando.

"Por que meu deus a Malu não gosta de mim?"

9 comentários:

Simara **(Plantão da beleza)** disse...

que lindo vc é muito criativa viu amei te espero lá no meu blog viu beijos si

BarbaRove disse...

que lindo aqui!!! bia, tb tenho outro blog barbarovepetitdesign.blogspot onde mostro alguns trabalhos! passa la flor! besitos!

Mα∂ємσiѕєℓℓe Ѽ disse...

Sapinho querido, acho que te deixei escapar de mim pq príncipes ninguém merece, kkk


bjus!

Gi Freitas disse...

Olá Bia, que legal seu blog! Sou nova por aqui... quando der dê uma passadinha no meu blog também:
http://aprendizdetrovador.blogspot.com/

Naah Santtos disse...

lindinho o texto.
Ameei.estou te seguindo;D
VIU. SE GOSTAR DO MEU SEGUE LÁ !
BEIJOOS;d

http://guloseimadegarota.blogspot.com

Ana Laura ;* disse...

Olá seu blog é mt legal,parabens *-*
segue lá o meu se gostar ? www.likesosweet.blogspot.com

Mari Bonás disse...

Ameiii .....

Fãzona já!
Passando sempre por aqui!
Me segue lá também e dê uma espiadinha!

beijocas :)

Expe disse...

oii
obrigada por seguir....
volte sempre.Estou te seguindo tb.

beijoss

http://antene-semakeup.blogspot.com/

Expe disse...

obrigada pela visita flor...

beijoss

volte sempre...

http://antene-semakeup.blogspot.com/