Páginas

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Descanse em paz


Ela acorda e seus olhos deparam -se com o teto branco e iluminado, sente feliz por pensar que finalmente encontrou a paz.Mas sua felicidade acaba em segundos quando a enfermeira entra no quarto e assim Branca percebe que esta no hospital salva e não conseguiu o que tanto queria, Morrer.A enfermeira a olha e com uma voz doce pergunta se esta se sentindo bem, mas Branca só responde balançando a cabeça com o gesto negativo, pois a sua boca estava com tubos que a sufocava e nem conseguia falar, assim sozinha escutava as enfermeiras fofocando bem baixinho sobre ela, como uma moça bonita e rica que tem tudo pode querer morrer, eu trabalho como uma condenada e estou aqui viva e feliz essas meninas ricas não sabem mais como chamar a atenção.E assim tem ate vontade de rir com a ignorância da pobre enfermeira que nem sabe tudo que ela passou com apenas 17 anos, suas angustias medos não era de uma garota normal, apesar de tudo que tinha era vazia por dentro, as únicas vitorias que teve era por causa do dinheiro do pai ate os namoros eram de mentira como tudo na sua vida.Branca era infeliz e queria morrer, mas nem isso ela conseguiu e assim ficava cada vez mas triste por não conseguir nada,Seus amigos entrava no quarto e perguntava como ela tinha coragem de toma 40 comprimidos para acabar com a vida maravilhosa que tinha, Mas ninguém sabia como a vida dela era triste e sua família não era feliz e estruturada como os jornais mostrava , seu pai era ausente sua mãe atormentada por pensar que seu marido saia com a secretaria de 20 anos, e o seu irmão que ela mais gostava tinha morrido de overdose a um ano traz.E assim decidiu que precisava morrer que sua vida não fazia mais sentido, não tinha medo de inferno e nada que seus avós ensinavam sobre castigos divinos ela decidiu que iria morrer e ninguém mais ia a impedir de seu sonho. A meia noite quando todos no hospital estava dormindo, as enfermeiras tomando café, Branca levantou da cama meia tonta ,e foi firme sem olhar para traz em direção da janela, pensou um pouco olhou os carros passando as luzes da cidade, e antes que uma lágrima escorresse de seus olhos pulou sem se arrepender, e finalmente conseguiu o que queria a muito tempo,A paz.

5 comentários:

Jakelline Braga # disse...

Oláh !
Eu já te sigo !
Se puder me seguir .. Agradesso !
Beijoos

Mα∂ємσiѕєℓℓe Ѽ disse...

Suas fotos são lindíssimas, adorei!

~ Mima Andrade disse...

Demais !!
Te seguindo,pode me seguir tb??
o meu é esse ai:http://jemimanaara.blogspot.com/
Bjks

Giselle Previatto' disse...

Olá :)
Adorei o estilo do seu blog '
E os textos são muito bons :)
Seguindo aqui'
Se puder segue também :)'
Beeeijos querida :*

Allyce Teixeira disse...

gata adorei seu blog, amei o texto e estou te seguindo!
bjks