Páginas

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A mulher perfeita






Rostinho de Marilyn Monroe, rebeldia de Joan Jett , elegância de Audrey Hepburn, corpo de Brigitte Bardot modos de princesa de Grace Kelly estilo de Betty Page talento de Bette Davis, revolucionaria com Pagu, cabeça aberta como Leila Diniz, mais macho que muito homem como Rita Lee.




Melancólica como Maysa, nos fazem cair na risada como Lucy Ball, escritora como Clarice Lispector, pouco parecida com a Evita, admite que tem seu lado fútil como as cantoras pops mas quem não tem? Uma dama na mesa, uma santa na casa dos pais, uma pervertida na cama com o namorado ou com um homem qualquer.




Quando abre a boca emociona como Janis Joplin, é tão independente e criativa quanto Chanel, irreverente com um sorrido lindo parecido com o de Carmem Miranda, as vezes aparece nua igual a luz de el fuego, e gerou mais comentários que Dercy Gonçalves.




Essa é a mulher perfeita, com todos seus defeitos e qualidades, com suas futilidades, traumas, e inteligencia, essa sou eu, você e todas as mulheres do mundo.








3 comentários:

Andreza Fialho disse...

Ai que foda,amei Bia!!!

Bjs e bom dia :)

Laura K. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura K. disse...

Como é bom ter essa capacidade de ser muitas em uma só sem perder a essência que nasceu com a gente, sem deixar de ser em um segundo sequer nós mesmas.